Venezuela aumenta número de tropas na fronteira com a Guiana

Venezuela aumenta número de tropas na fronteira com a Guiana

Apesar de um acordo alcançado em janeiro entre a Venezuela e a Guiana para resolver o conflito sobre a região de Essequibo, rica em petróleo, o regime de Caracas está intensificando sua presença militar na área. Informações confirmadas tanto pela mídia guianense quanto por jornalistas da CNN Brasil indicam um aumento significativo de tropas venezuelanas na região.

Imagens de satélite da empresa Maxar revelam que, em janeiro, houve um desenvolvimento considerável de operações a partir de uma base militar na ilha de Anacoco, na Venezuela, localizada no rio Cuyuni, próximo à fronteira com a Guiana. Além disso, as imagens mostram novas infraestruturas e um crescente número de veículos blindados sendo concentrados pelos militares venezuelanos perto da fronteira com a Guiana.

Vídeos publicados nas redes sociais pelo General Domingo Hernández Lárez, mostram exercícios com tanques em Anacoco.

+ Clique aqui para ver o vídeo

A tensão na região aumentou ainda mais com a notícia de que as Forças Armadas do Brasil enviaram mais de 30 veículos, incluindo veículos blindados, para a fronteira do país com a Venezuela e a Guiana. Este movimento surge em meio a preocupações com o risco de um conflito militar pela disputada região de Essequibo.

O Essequibo, uma área de grande importância estratégica e econômica devido às suas reservas de petróleo, tem sido um ponto de discórdia entre a Venezuela e a Guiana por décadas. O recente aumento da presença militar na região desperta preocupações internacionais e coloca em questão a estabilidade e a segurança na América do Sul.

Fotos e vídeos: Reprodução Twitter

  • arrow