Uber começa a usar celular do motorista para gravar vídeo das corridas - Carro e motos

Uber começa a usar celular do motorista para gravar vídeo das corridas

Motoristas da Uber agora podem pedir reembolso de máscaras e álcool gel
Uber começa a usar celular do motorista para gravar vídeo das corridas
Uber começa a usar celular do motorista para gravar vídeo das corridas

A Uber iniciou nesta semana um projeto piloto, que utiliza o celular o motorista para gravar vídeos das corridas com o aplicativo. O recurso é possível por meio de um app parceiro e está sendo testado inicialmente com um grupo selecionado de motoristas de Aracaju (SE), para posteriormente se estendido a todos os condutores da capital sergipana.

+A linha Triumph Bonneville 2021 é completamente renovada
+Posto será obrigado a informar composição do preço de combustível
+TV Cultura vai transmitir temporada 2021 da Fórmula E a partir desta sexta (26)

Os parceiros poderão escolher participar ou deixar esse piloto a qualquer momento. Os usuários conectados aos motoristas participantes do teste também serão informados que sua viagem pode estar sendo gravada, para que possam optar por cancelar e buscar outro parceiro, se assim preferirem.

Assim como já ocorre no recurso de gravação de áudio, lançado em âmbito nacional recentemente, a gravação de vídeo também permanecerá criptografada no celular, sem que ninguém possa acessá-la – nem o próprio motorista, que não possui a chave da criptografia. Quando o motorista parceiro enviar o arquivo (via wi-fi ou rede móvel), ele ficará armazenado com a empresa parceira, que terá acesso apenas às informações básicas do parceiro e data/horário da gravação (mas sem qualquer dado sobre usuários, pontos de embarque e desembarque, etc).

Se, mais tarde, o motorista decidir abrir uma reclamação de segurança, ele terá a opção de adicionar o vídeo em questão. Só então a Uber – que tem a chave da criptografia – terá acesso às imagens. Além do chamado aberto pelo próprio parceiro para solicitar uma investigação à Uber, só as autoridades competentes podem solicitar acesso às imagens para a Uber, na forma da lei.

  • arrow