Quais são as motos mais roubadas? - Carro e motos

Quais são as motos mais roubadas?

Nova Honda CG 160 2022, veja as novidades, preço e ficha técnica. Foto: Divulgação
Nova Honda CG 160 2022, veja as novidades, preço e ficha técnica. Foto: Divulgação
Nova Honda CG 160 2022, veja as novidades, preço e ficha técnica. Foto: Divulgação

Em São Paulo, foram registrados 14.349 roubos e furtos de motocicletas, durante os cinco primeiros meses de 2022.

O número é 38,46% maior se comparado com o mesmo período de 2021.

+ A melhor maneira de lavar suas frutas e legumes
+ Morando nos EUA, influenciadora brasileira revela que perdeu o umbigo após procedimento estético
+ Vídeo: Motociclista ‘voa’ em acidente gravíssimo na rodovia Ayrton Senna
+ Vídeo: Caixão e corpo saem voando após violento acidente com carro funerário

Os dados fazem parte de um levantamento realizado pela Ituran, empresa especializada em monitoramento veicular, com base em dados da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo.

Veja abaixo as dez motocicletas mais roubadas e furtadas em São Paulo em 2022:

10º – Honda CB 300: 292 unidades
9º – Honda NXR160 Bros: 298 unidades
8º – Honda Biz: 393 unidades
7º – Honda XRE 300: 661 unidades
6º – Honda PCX 150: 674 unidades
5º – Yamaha Fazer 250: 690 unidades
4º – Honda CBX 250 Twister: 784 unidades
3º – Honda CG 125: 1.046 unidades
2º – Honda CG 150: 1.382 unidades
1º – Honda CG 160: 3.982 unidades

Locais com mais ocorrências no Estado

A capital paulista é o local com mais subtrações (5.798), à frente de Campinas (639), Santo André (502), Guarulhos (482) e São Bernardo do Campo (472).

Os eventos ocorreram mais durante às quartas-feiras (2.290) e à noite (5.575).

Os modelos mais visados têm de 2 a 5 anos de uso (3.971).

  • arrow