Mercedes-Benz mantém liderança de caminhões e ônibus no Brasil - Carro e motos

Mercedes-Benz mantém liderança de caminhões e ônibus no Brasil

Mercedes-Benz mantém liderança de caminhões e ônibus no Brasil
Mercedes-Benz mantém liderança de caminhões e ônibus no Brasil
Mercedes-Benz mantém liderança de caminhões e ônibus no Brasil

A Mercedes-Benz fechou o ano de 2020 como a fabricante líder nas vendas de veículos comerciais no Brasil. Pelo 5º ano consecutivo, foi a marca que mais emplacou caminhões no País, conquistando mais de 31% de market share. No segmento de ônibus, com aproximadamente 47% de participação, manteve sua tradicional liderança de 64 anos. Estas posições seguem mantidas neste início de 2021.

+Motorista para em frente a radar de velocidade para impedir as multas e grava sua “façanha” em vídeo
+A Africa Twin tem uma irmã gêmea chinesa: Hengjian Dahaidao 500
+KTM revela a nova 1290 Super Adventure R

Em 2020, foram licenciados 26.769 caminhões da marca, 4% a menos em relação às 27.994 unidades de 2019. Esse resultado garantiu à Empresa 31,6% de participação. De acordo com dados da Anfavea, em 2020, foram emplacados 84.650 caminhões no mercado brasileiro, o que significa uma queda de 12% na comparação com as 96.254 unidades licenciadas no mesmo período do ano anterior.

A Mercedes-Benz manteve sua liderança nas vendas de ônibus no Brasil,. No acumulado do ano, a marca emplacou 6.461 unidades, volume 42% inferior às 11.150 unidades do mesmo período de 2019. Conforme a Anfavea, com foram 13.830 ônibus emplacados no Brasil em 2020. Queda de 33% em relação ao ano anterior.

Investimentos

Do investimento programado de R$ 2,4 bilhões para o período 2018-2022, R$ 100 milhões foram entregues na 2ª fase da Indústria 4.0, com a inauguração da Nova Linha de Cabinas de Caminhões, em fevereiro de 2019. Mais R$ 100 milhões foram destinados à construção da Nova Linha 4.0 de Ônibus, inaugurada em setembro de 2020. E um total de R$ 1,4 bilhão foi aportado no desenvolvimento e produção dos extrapesados da família Novo Actros.

A partir de 2021, a Empresa dará continuidade à modernização das linhas de agregados (câmbio, motor e eixos) em São Bernardo do Campo (SP), também seguindo os conceitos da Indústria 4.0, além do desenvolvimento de novos produtos e serviços de conectividade até 2022. Além do valor mencionado, a Mercedes-Benz do Brasil e a Bosch estão investindo R$ 70 milhões em conjunto (50% cada empresa) na construção do Centro de Testes Veiculares em Iracemápolis (SP), que irá atender diferentes empresas do setor automotivo.

  • arrow