Ford quer virar marca de carros elétricos na Europa até 2030 - Carro e motos

Ford quer virar marca de carros elétricos na Europa até 2030

Ford Mustang Mach-E, o primeiro modelo 100% elétrico da marca americana

Até 2030, a Ford quer se tornar na Europa uma marca só de carros elétricos. Para isso, a fabricante americana anunciou nesta quarta-feira (17) o investimento de US$ 1 bilhão (cerca de R$ 5,4 bilhões) em sua fábrica em Colônia (Alemanha).

+Ex-namorada de Bárbara Labres e atual Kevinho, dá carro de R$ 126 mil para a mãe
+Harley-Davidson retira toda sua linha de vestuário da Amazon
+Honda lança nova esportiva retrô CB350 RS

O objetivo é transformar a unidade industrial, que hoje é a principal da Ford na Europa, em uma fabrica especializada na produção de veículos elétricos, que será a primeira da companhia destinada para este fim no continente europeu. Com a modernização, a previsão da empresa é que o primeiro carro elétrico deixe a planta fabril a partir de 2023.

O movimento faz parte do plano da marca do oval de focar a sua gama de produtos em modelos eletrificados. Antes de atingir o percentual de 100% de veículos elétricos, a Ford pretende oferecer até 2026 na Europa uma gama composta apenas por carros híbridos e elétricos.

  • arrow