Coreia do Norte lança míssil balístico em direção ao mar do Japão

Em 16 de março, Kim Jong-un acompanhou de perto o lançamento do míssil Hwasong-17, pedindo o fortalecimento das forças nucleares para garantir a vida pacífica do povo norte-coreano e sua luta pela construção do socialismo, segundo a KCNA.

+ Vídeo mostra caça Su-27 russo derrubando aeronave americana sobre o Mar Negro
+ Vídeo: Guarda Revolucionária Iraniana mostra novas lanchas com mísseis guiados a laser
+ Vídeo mostra o o poder de fogo do sistema de foguetes russo Grad

Em 16 de março, Kim Jong-un acompanhou de perto o lançamento do míssil Hwasong-17
Em 16 de março, Kim Jong-un acompanhou de perto o lançamento do míssil Hwasong-17. Foto: reprodução twitter

O Hwasong-17, lançado do Aeroporto Internacional de Pyongyang, alcançou uma altitude máxima de 6.045 km e voou uma distância de 1.000 km em 4.151 segundos, tendo atingido a área determinada no mar do Japão.

A TV estatal norte-coreana exibiu um vídeo na tarde de sexta-feira mostrando o lançamento.

+ Galaxy S23: Samsung abre pré-registro para interessados
+ Modelo com 1,96 cm de altura, conhecida como ‘Amazonian Charlie’ ganha mais de R$ 380 mil em apenas um mês
+ Você teria coragem de fazer uma ‘blackout tattoo’? Veja alguns exemplos e se inspire

Míssil balístico Hwasong-17

Míssil balístico Hwasong-17
Míssil balístico Hwasong-17

O Hwasong-17 (também conhecido como KN-23) é um míssil balístico desenvolvido pela Coreia do Norte. Acredita-se que seja um míssil balístico intercontinental (ICBM) capaz de atingir alvos nos Estados Unidos. O míssil foi testado pela primeira vez em 28 de novembro de 2019 e é considerado um avanço significativo nas capacidades de mísseis da Coreia do Norte.

O Hwasong-17 tem um alcance de aproximadamente 8.000-10.000 quilômetros, o que permitiria que atingisse a maioria das principais cidades dos EUA. O míssil usa um motor de combustível sólido, o que permite que seja lançado rapidamente e torna mais difícil detectá-lo e interceptá-lo.

O desenvolvimento do Hwasong-17 levantou preocupações sobre a ameaça representada pelo programa de mísseis da Coreia do Norte e aumentou as tensões entre a Coreia do Norte e a comunidade internacional. O Conselho de Segurança das Nações Unidas impôs várias rodadas de sanções à Coreia do Norte na tentativa de conter seus programas nucleares e de mísseis, mas essas medidas até agora não conseguiram impedir o desenvolvimento pela Coreia do Norte de mísseis avançados como o Hwasong-17.

#míssil #balístico #míssilbalístico #korea #CoreiadoNorte #north #wordwar #wwiii #wwlll

Com informações da NK NEWS

  • arrow