Yamaha XJ6-N deixa de ser produzida - Carro e motos

Yamaha XJ6-N deixa de ser produzida

Fora de linha no exterior desde 2016, Yamaha XJ6-N encerra seus nove anos de vida no mercado brasileiro.

Após 9 anos no Brasil, a Yamaha XJ6-N teve sua produção encerrada no Brasil, consequentemente acabando com sua vida nas lojas. A naked já havia saído de linha no resto do mundo em 2016. A fabricante diz que ainda tem estoque nas concessionárias, vendendo a moto por R$ 34.690 (sem contar o frete), nas cores azul Racing Blue e cinza Matt Gray.

Criada como a naked na faixa de 600cc mais acessível da marca no Brasil
Criada como a naked na faixa de 600cc mais acessível da marca no Brasil

Criada como a naked na faixa de 600cc mais acessível da marca no Brasil, a Yamaha XJ6-N era equipada com motor quatro cilindros de 599 cm³, 16V DOHC, que gera 77,5 cv a 10.000 rpm e torque de 6,1 kgfm a 5.550 rpm, vindo da FZ6 Fazer. Seu câmbio tem 6 marchas e utiliza freios a disco de 298 mm na frente e 245 mm na traseira.

Yamaha XJ6-N era equipada com motor quatro cilindros de 599 cm³, 16V DOHC, que gera 77,5 cv a 10.000 rpm e torque de 6,1 kgfm a 5.550 rpm, vindo da FZ6 Fazer
Yamaha XJ6-N era equipada com motor quatro cilindros de 599 cm³, 16V DOHC, que gera 77,5 cv a 10.000 rpm e torque de 6,1 kgfm a 5.550 rpm, vindo da FZ6 Fazer

Segundo a Yamaha, a moto vendeu cerca de 21 mil unidades ao longo dos nove anos no Brasil. Sem ela, as opções entre as naked da marca ficam com a MT-07 e MT-09, de dois e três cilindros, respectivamente.

MT-07
MT-07
MT-09
MT-09

Fotos: divulgação

  • arrow