Tatra T-87: A inspiração do Fusca - Carro e motos

Tatra T-87: A inspiração do Fusca

Tatra 87

Existem alguns casos curiosos de marcas alemãs que copiaram ideias de empresas de automóveis da Europa Central.

Tatra 87
Tatra 87

Talvez o caso mais significativo seja o do Tatra T-87, um modelo checo projetado em 1936 por Hans Ledwinka e Erich Übelacker que seguiu as diretrizes aerodinâmicas de Paul Jaray, um dos criadores do Graf Zeppelin alemão. Diferente do Fusca que seria projetado para ser um carro popular o Tatra era alimentado por um motor V8 traseiro refrigerado a ar de 2,9 litros com ângulo de 90°, que produzia 85 cavalos de potência e normalmente anda em uma velocidade de 160km/h. Sendo um dos carros mais rápidos do seu tempo.

Tatra 87
Tatra 87

O aspecto futurista do Tatra impressionaria Hitler, que declaradamente apontou o T-87 como “o tipo de veículo que quero ver nas minhas estradas” quando encomendou a Ferdinand Porsche o primeiro Volkswagen.

Naturalmente, a Porsche tomou boa nota dos gostos do líder nazista e, posteriormente, admitiria “ter olhado de relance para os modelos da fábrica de Ledwinka para inspiração”. Na realidade, foi bem mais do que mera inspiração: a parte da frente do fusca era idêntica à encontrada no T-87 e, como tal, a Tatra denunciou imediatamente a marca alemã por plágio.

Tatra 87
Tatra 87

O próprio Hitler interveio pessoalmente para conter a demanda, que acabaria drasticamente resolvida quando o exército Alemão, Wehrmacht invadiu o país em 1938.

Porém depois da guerra, no entanto, a Tatra reabriu o caso contra a Volkswagen e, em 1961, recebeu uma compensação de três milhões de marcos.

Protótipo do fusca 1938
Protótipo do fusca 1938
Protótipo aptresentado por Porsche
Protótipo aptresentado por Porsche
  • arrow