O próximo supercarro da Koenigsegg vai ser elétrico - Carro e motos

O próximo supercarro da Koenigsegg vai ser elétrico

O próximo supercarro da Koenigsegg vai ser elétrico

A Sueca Koenigsegg não é das marcas mais famosas do mundo, mas qualquer pessoa com um gosto por automóveis capazes de atingir velocidades estratosféricas conhece os modelos exóticos criadas por este pequeno construtor sueco. A Koenigsegg não costuma fazer muitas unidades por ano, fazendo com que cada exemplar seja uma obra de arte única e exclusiva, com quase todos os seus carros ultrapassando os 1000 cv.

Mas em um futuro próximo poderemos ver a Koenigsegg expandir a sua presença no mercado mundial, construindo supercarros elétricos, com o mesmo nível de performance a que a marca nos habituou.

A empresa fundada por Christian von Koenigsegg vai ser alvo de um investimento de 150 milhões de euros por parte do grupo chinês Evergrande, proprietário da marca chinesa NEVS, e antiga investidora na Faraday Future, e vai dar origem uma joint-venture baseada na Suécia.

A Evergrande pretende ver uma integração entre a NEVS e a Koenigsegg, assumindo 20% do controle sobre a empresa sueca. A NEVS ficou com os direitos de produção de vários modelos da Saab, após esta ter ido à falência em 2012, dois anos depois de ter sido vendida pela General Motors. No entanto, nunca conseguiu regressar à produção com o 9-3, tendo perdido os direitos para usar os motores (que foram para outra marca chinesa, a BAW) e o nome da Saab, que ainda pertence à firma aeronáutica.

A Koenigsegg deverá trabalhar com a NEVS na antiga fábrica da Saab em Trollhättan, para desenvolver nova tecnologia que será usada tanto nos veículos de passageiros como em novos supercarros, que deverão ter performances capazes de bater marcas de superesportivos consagradas como a Ferrari , Lamborghinie Bugatti.

  • arrow