Harley-Davidson lança a LiveWire sua primeira moto elétrica por US$ 30 mil - Carro e motos

Harley-Davidson lança a LiveWire sua primeira moto elétrica por US$ 30 mil

Harley-Davidson, com 115 anos de história, conhecida por suas grandes motos clássicas e motores barulhentos apresentou na última segunda-feira um modelo que pode revolucionar o mercado de motocicletas. A LiveWire é a primeira moto 100% elétrica da marca.

Desenvolvida desde 2014, a versão final foi apresentada na feira de tecnologia CES (Consumer Electronics Show), a moto possui aceleração de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos, autonomia de 180 km e até conectividade com celulares.

A previsão é de que o modelo comece a ser vendido nos Estados Unidos em agosto. O preço está definido em US$ 29.799 e as pré-compras já estão disponíveis. Por aqui, ainda não se temos uma data para o início das vendas.

A parte elétrica da moto foi desenvolvida em parceira com japonesa Panasonic. O piloto da LiveWire pode acessar informações como nível de bateria e tempo restante até a próxima recarga por meio de um aplicativo de celular. Mesmo longe, ele recebe alertas caso alguém tente roubar ou encoste em seu veículo.

Por se tratar de um modelo elétrico, a LiveWire não possui marchas e nem o famoso e muito barulhento som do motor típico da marca. No entanto, como afirma o CEO da empresa, Matt Levatich: “Estamos em um momento histórico da evolução dos transportes e a Harley-Davidson está na vanguarda”. Confira algumas fotos do modelo:

Harley-Davidson lança a LiveWire

  • arrow